Oficina Lisegraff: Off-set – Parte 1

Oficina Lisegraff: Off-set – Parte 1

agosto 6, 2018 blog 0

Off-set – Parte 1

Uma boa impressão de materiais gráficos depende de diversos cuidados a serem tomados na elaboração do arquivo. O resultado final pode ser comprometido por erros de execução do arquivo.

Para informar e te ajudar com a impressão correta de materiais, a Lisegraff criou a série Oficina Lisegraff, o seu guia de pré-impressão dividido em três módulos: Off-set, Flexografia e Impressão digital. Esses conteúdos postados aqui no blog visam potencializar a qualidade de seu material e conscientizar com dicas para prevenir reimpressões, maiores custos e maior prazo para entrega.

A Oficina Lisegraff começa aqui com a primeira parte do módulo Off-set:

Margem de Segurança e Sangria

As máquinas gráficas produzem e refilam impressos em escala industrial, e por mais precisas que sejam, pequenos erros sempre podem acontecer. Para evitar que sua arte perca algumas partes vitais durante o processo de refilação, atente-se a sangria e a margem de segurança.

A sangria é todo elemento que ultrapassa a área do formato final do impresso, dando espaço para que pequenas variações de refile não deixem áreas falhadas ou apareçam filetes brancos nas extremidades do impresso final.

Cada gráfica possui um padrão específico para trabalhar com a sangria, que normalmente varia entre 2 e 3 mm para cada lado da arte, sendo 2mm para materiais mais simples, como por exemplo cartões de visita, e 3mm para materiais mais complexos como folders e revistas, que necessitam de uma margem maior para manuseio.

E a margem de segurança é o espaço interno da arte, longe da lâmina do corte, geralmente é de 2mm.

Por exemplo:Considere um cartão de visita com formato final de 9×5 cm. Neste caso, trabalhando com o exemplo de 2mm de sangria, o formato final da arte seria o equivalente a 9,4×5,4 cm.

Já a margem de segurança é uma margem interna com geralmente 2mm para cada lado, considerando do tamanho final do impresso para dentro. Textos, imagens e todos os elementos que você não deseja que sejam cortados, devem ficar para dentro desta margem (2mm). Desta forma, você assegura que eles não sejam refilados.

Para não ter erro na hora de configurar a sangria e a margem de segurança, é essencial que você verifique com a gráfica qual é o gabarito utilizado para cada material impresso.

Verniz

Como finalizar arquivo com verniz localizado na arte final.

Cartão de visitas com aplicação de verniz localizado

Em caso de verniz, enviar a máscara de verniz (sempre usando uma cor pura 100%, recomenda-se o preto). Evitar o envio de verniz com várias cores e com retículas (lentes ou cores abaixo dos 100%).

Gostou das nossas dicas? Fique atento para os próximos tópicos, onde iremos mostrar como converter fonte em curvas e fazer calço em preto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.