Cores e Resolução | Oficina Lisegraff: Off-set – Parte 3

Cores e Resolução | Oficina Lisegraff: Off-set – Parte 3

fevereiro 5, 2021 blog 0

Seguindo com as nossas dicas, hoje você saberá diferenciar sistemas de cores e qual deles utilizar no arquivo que será impresso. Problemas com baixa resolução? Mostramos para você como prevenir esse problema. 

Padrão de cores para impressão

Para a impressão o arquivo deverá estar em cores CMYK ou PANTONE (em caso de cores especiais). Nenhuma impressora imprime em RGB elmente pois o sistema RGB utiliza a intensidade de luz, e o CMYK a pigmentação. Não é possível imprimir luz, por isso as cores RGB não reconhecidas corretamente pelas impressoras. A diferença entre os sistemas de cor (de cada computador) pode causar uma baixa fidelidade cromática.

Cores CMYK e RGB.

Cores CMYK e RGB.

Existem vários padrões de cores utilizados no meio do design, mas para impressões o único aceito é o CMYK. Certifique-se de que todas as imagens de referência e arquivos utilizados estejam neste padrão. Logo, o mesmo vale para cores Pantone.

Cuidados com a resolução
Alta Resolução | Baixa Resolução

Alta Resolução | Baixa Resolução

A resolução das imagens é outro ponto de grande impacto no resultado final. Atente-se para que suas imagens e outros elementos sempre tenham no mínimo 300dpi (pontos por polegada) de resolução. Fotos, imagens e objetos, devem estar em CMYK. Imagens com resolução inferior podem prejudicar o resultado nal do material.

* Contudo, o tamanho e intenção do impresso podem variar esta exigência: outdoors e banners são um exemplo.

Convertendo efeitos em bitmap

Aplicações de efeitos especiais, como transparências e sombreados, devem sempre ser convertidos para bitmaps no processo de fechamento do arquivo, evitando assim, a perda de qualidade com pixelizações ou desfoques, e, complicações na manipulação do arquivo, além de reduzir sensivelmente o tamanho e tempo de renderização da imagem. Outros efeitos especiais também podem ocasionar em erros de impressão, como  transparências, lentes, extrusões, sombreamentos, Power Clips, entre outros.

Mais Algumas Dicas:

Arquivos para revistas ou livros, devem ser enviados, preferencialmente, com as páginas separadas.

Procure inserir as marcas de corte e de dobra, para facilitar a identificação do local de acabamento.

Procure inserir o desenho da faca (sobreposta) para facilitar a identificação do local de acabamento.

Não copie e cole imagens de outros programas, pois a imagem tende a perder qualidade ao se converter, podendo ocasionar em problemas na hora da impressão.

Antes de gerar os arquivos PDF, verifique se todos os links estão corretos e se não falta nenhum elemento da página (EPSs, TIFFs, PSDs). Caso contrário, as imagens sairão em baixa resolução.

Sempre que possível, encaminhe um boneco para acompanhar a sequência de páginas e estilo de dobra e tenha sempre a referência física em mãos para garantir que a cor saia fiel ao que foi projetado (provas e bonecos ou o próprio já impresso anteriormente).

Gostou das nossas dicas? Acompanhe aqui no blog a série Oficina Lisegraff, para saber tudo sobre pré-impressão!

Confira também: Curvas e Calço | Oficina Lisegraff: Off-set – Parte 2

Curta nossa página no Facebook e acompanhe os demais módulos!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Olá!
Clique no botão "abrir chat" para ser direcionado ao whatsapp web,